A transformação digital impulsionou a migração das organizações para a nuvem. Segundo um estudo divulgado pela Zippia, cerca de 67% da infraestrutura corporativa agora é baseada em nuvem. E à medida que as empresas confirmam as vantagens da cloud computing, elas também adotam uma estratégia multicloud.

De modo simples, ela consiste no uso de mais de um tipo e fornecedor de nuvem, ao invés de depender de apenas um serviço. Com isso, é possível ter mais flexibilidade e liberdade para escolher as melhores soluções em nuvem conforme o negócio cresce. 

Assim, a empresa amplia as possibilidades e escolhe onde os aplicativos e as cargas de trabalho podem ser executadas. 

Entenda melhor, neste artigo, o que é e como funciona a multicloud, e confira 5 excelentes vantagens ela traz para a sua empresa.

Multicloud: o que é?

Em síntese, multicloud é uma abordagem de computação em nuvem baseada no uso de mais de um provedor de nuvem. Seja pública ou privada, a multicloud é uma estratégia que visa à ampliação da infraestrutura de TI da organização, da capacidade de armazenamento, segurança e disponibilidade.

A “multi-nuvem” – em sua tradução literal – é uma solução adotada pelas empresas para diminuir os riscos de indisponibilidade, perda de dados, e principalmente, para aumentar a eficiência operacional.

Mas, afinal, por que adotar o multicloud?

Com este formato, a empresa ganha mais flexibilidade e liberdade para escolher o ambiente mais adequado para cada carga de trabalho. Além disso, a multicloud aumenta o nível de segurança e auxilia em casos de incidentes, pois os dados estarão salvos em mais de um local. 

São vantagens da adoção da estratégia:

  • Ganhos na eficiência no uso dos serviços;
  • Melhor aproveitamento da velocidade;
  • Ampliação da capacidade do negócio;
  • Possibilidade de atender demandas sazonais;
  • Maior escalabilidade;
  • Baixo custo.
Com uma estratégia multicloud, traz rapidez e segurança no armazenamento e uso de dados 

Como funciona a abordagem multicloud?

Ela é sustentada pelo uso de mais um provedor de nuvem, seja ela pública, privada e híbrida. Tudo isso, é claro, com o intuito de ampliar a escalabilidade dos negócios e diminuir os riscos.

Dessa forma, a empresa pode contratar mais de um dos três tipos de serviço:

  • Nuvem pública: é uma estrutura compartilhada. Nesse caso, os recursos, como servidores, softwares, hardwares e outras infraestruturas de suporte, são gerenciados e pertencem ao provedor do serviço.
  • Nuvem privada: também é terceirizada, no entanto, a infraestrutura contratada é de uso exclusivo da empresa, não sendo compartilhada com outros clientes.
  • Nuvem híbrida: é a junção da pública e privada, ou seja, é uma abordagem baseada na combinação e na integração dos dois serviços.

Conhecendo os três tipos de modelo de cloud computing, a empresa analisa quais os serviços e fornecedores atendem suas necessidades. A partir disso, é possível combinar e integrar os diferentes modelos de nuvem ao sistema, a fim de ampliar a capacidade e melhorar os processos operacionais.

Multicloud e nuvem híbrida: qual a diferença entre os dois?

A estratégia multicloud e a nuvem híbrida são semelhantes, porém operam de modo diferente. Enquanto a primeira é baseada na utilização de mais de um serviço de nuvem, a segunda é a combinação do uso de nuvem pública e privada.

Desse modo, a nuvem híbrida, baseada na integração entre os dois tipos de serviço, geralmente, é adotada pela empresa para a realização de uma tarefa específica, como ampliar a capacidade de execução de altas cargas de trabalho interno. Ela combina uma nuvem privada, data center local ou ambos com pelo menos uma nuvem pública.

Já a multicolud, como vimos antes, é baseada no uso de mais de um serviço de nuvem, e não inclui necessariamente uma cloud privada ou pública, embora possa combinar ambas. 

Além disso, na multicloud nem sempre os serviços são interdependentes ou estão conectados. No modelo híbrido, a integração é essencial.

Multicloud: conheça 5 vantagens!

Vista como uma ferramenta essencial para a inovação, o uso do multicloud é seguro, além de ser uma solução interessante para as empresas que buscam otimizar seus resultados. Por meio desta estratégia é possível ampliar não apenas a capacidade computacional, como também a segurança e a disponibilidade das operações.

A modalidade oferece, ainda, outras excelentes vantagens, como:

1. Otimização da infraestrutura

Com a “multi nuvem”, a empresa tem mais autonomia para selecionar diferentes serviços e recursos, oferecidos pelos mais variados provedores de cloud. Além disso, com as constantes mudanças e os novos modelos de trabalho, a organização precisa estar “presente” nos mais variados lugares e setores da empresa.

Com auxílio da multicloud isso é possível, pois todas as operações são realizadas na nuvem. Dessa forma, a companhia consegue proteger e gerenciar os usuários, bem como os dispositivos utilizados por eles, garantindo os níveis de produtividade em qualquer lugar.

2. Menor latência

Com a estratégia multicloud, as organizações mantêm seus recursos computacionais o mais próximo possível dos usuários, oferecendo, assim, uma latência mínima que amplia a velocidade de processamento da aplicação. Para isso, é preciso apenas selecionar as regiões e zonas das nuvens que estão mais perto dos colaboradores e clientes, e assim, melhorar a experiência deles.

O processamento precisa ser eficiente e rápido para gerar bons resultados para a empresa
Latência, em TI, se refere ao tempo entre a entrada e saída de um pacote de dados da máquina e o início de resposta do servidor de destino. Este é um dos fatores que causam impacto direto sobre o desempenho da aplicação. Uma estratégia multicloud garante menor latência!

3. Diminuição de riscos  

Interrupções em servidores acontecem com frequência e podem causar grandes transtornos. Mas a tecnologia pode ajudar a mitigar esses riscos!

Com uma estratégia multicloud, ao utilizar mais de um provedor de nuvem, a organização possui uma infraestrutura mais resiliente, uma vez que não dependerá de apenas um serviço.

Assim, caso haja alguma interrupção em um dos provedores de nuvem, outro irá garantir a continuidade do trabalho ou, então, sugerir uma recuperação de dados às pressas. 

Outra vantagem é que se um dos fornecedores descontinuar o serviço ou taxar um dos recursos computacionais em nuvem, a empresa tem opções extras com outros parceiros. Isso contribui, inclusive, para fugir de preços abusivos e equilibrar o mercado.

4. Redução de custos

Por meio da abordagem multicloud, a empresa tem a possibilidade de combinar serviços a partir da capacidade de recursos de cada um. Dessa forma, a companhia consegue analisar o melhor custo-benefício e o retorno que os servidores podem oferecer. 

Além disso, por meio dessa configuração, a empresa ganha mais agilidade e facilidade no gerenciamento de dados, automatizando os processos. Assim, tarefas como: armazenamento de informações, servidores da web, banco de dados, configurações de aplicativos, entre outros, se tornam menos complexos.

Mas, como isso reduz os custos?

A redução é viável porque a multicloud dispensa a necessidade de manter os data centers e servidores físicos. Ou seja, a abordagem reduz os custos com a manutenção e o espaço físico.

5. Maior flexibilidade e autonomia

Versatilidade é a principal característica da abordagem multicloud. Com ela é possível explorar os diferentes serviços de provedor de nuvem e aproveitar os variados recursos de cada um, conforme as necessidades da organização. 

Isso é possível porque cada fornecedor possui uma plataforma e estrutura distinta, com pacotes mais ou menos adequados ao negócio. Nesse sentido, é possível combinar o melhor de cada uma, a fim de encontrar uma combinação que otimize os resultados. 

Outra vantagem é que a equipe de TI escolhe como e quando deseja utilizar cada funcionalidade dos diferentes serviços. Além disso, a empresa está protegida de situações lock in – quando há apenas um servidor, que pode definir o desempenho e limitar as funcionalidades –, comprometendo a eficiência das operações. 

Quais os desafios da estratégia multicloud?

Adotar uma estratégia voltada para uso de mais de um serviço de nuvem é um passo importante. Por isso, é necessário se atentar e entender os desafios que surgem com a multicloud, assim, a empresa pode se preparar, ajustar as operações e superá-los.

Listamos, a seguir, os três principais. Confira!

1. Problemas com o gerenciamento

Manter um ambiente multicloud é bastante desafiador, principalmente, se a empresa não contar com bons especialistas em TI, experientes nas plataformas de nuvem. Isso porque cada plataforma possui uma interface única, e gerenciá-las pode trazer algumas dores de cabeça.

Diante disso, fazer a gestão de diferentes ambientes, implica em saber como cada um funciona e entender as operações administrativas básicas, como backup de dados, acesso a recursos e sistemas operacionais. Inevitavelmente, quanto mais serviços de nuvem, mais complexa a gestão se torna.

2. Capacitação de profissionais

Como mencionamos, um sistema multicloud trabalha com diferentes interfaces. Por isso, ter um profissional de TI que compreenda e saiba trabalhar em cada sistema é essencial para que as operações funcionem de forma correta. Nesse sentido, o uso de múltiplas nuvens exige uma equipe especializada. 

Os profissionais serão os responsáveis pela gestão dos serviços, e irão decidir o que deve ser migrado para nuvem e qual tipo será o mais adequado para o negócio.

Aplicar o multicloud sem uma equipe ou sem um profissional experiente pode ser perigoso, e levar a perda de dados

Vale ressaltar que cada serviço de cloud possui suas próprias políticas de segurança e conformidade, que precisam ser cumpridas. Ou seja, a falta de um gerenciamento capacitado expõe a empresa aos riscos de incidentes, como o vazamento de dados. Isso pode prejudicar o compliance e a reputação da companhia, principalmente, com a LGPD já em vigor.

3. Riscos de segurança

O uso de diferentes provedores cloud traz desafios, pois você estará lidando com sistemas variados. 

Ao utilizar apenas um serviço de nuvem, o gerenciamento de dados é mais simples e tranquilo, pois a equipe passa a gerenciar apenas um software. Ou seja, eles já estarão acostumados com as permissões de acesso, os requisitos de conformidade, entre outras configurações. 

Já uma infraestrutura de TI com mais de um serviço de nuvem força a equipe a lidar com diferentes políticas de segurança. 

Multicloud: conheça as soluções da CISCO!

Apesar dos desafios, contar com um ambiente multicloud é uma ótima solução para as empresas que buscam ampliar a infraestrutura tecnológica, a capacidade de armazenamento, tendo mais desempenho e agilidade nas operações.

A Cisco oferece uma estrutura completa, além de fornecer um suporte robusto aos sistemas multi-nuvem. A plataforma integrada facilita o gerenciamento de todos os serviços de nuvens em um só lugar.

Além disso, o ambiente multicloud da Cisco possui serviços, como:

Conexão na nuvem

A Cisco permite que a conexão entre nuvens e usuários ocorra com rapidez e segurança, fornecendo uma ótima experiência na hora de usar as aplicações e realizar as operações.

O sistema permite que você:

  • Conecte vários tipos de nuvens (pública, privada ou híbrida);
  • Tenha acesso seguro a aplicativos e dados em nuvem;
  • Conecte facilmente os usuários às nuvens de que precisam. 

Proteção na nuvem

Por meio do sistema da Cisco, o uso do multicloud é seguro. Pois, ele oferece diferentes recursos que protegem sua infraestrutura de TI, e garante a segurança de ponta a ponto no uso de aplicativos, da nuvem e do ambiente de trabalho.

Além disso, com o Cisco, a empresa preserva a identidade dos usuários, proporcionando uma conectividade direta com a nuvem, os dados e as aplicações, incluindo o SaaS.

Consumo na nuvem

Com os novos formatos de trabalho, a empresa precisa estar preparada e garantir que os usuários consigam realizar as operações de qualquer lugar. Com a Cisco, você garante:

  • Suporte seguro para trabalhadores remotos;
  • Experiências consistentes mesmo a distância;
  • Segurança física e cibernética para o usuário em seu novo local de trabalho.

Como vimos até aqui, um sistema multi-nuvem fornece diferentes vantagens e possibilidades para a sua empresa. 

Por isso, antes de adotar essa estratégia é preciso atenção e planejamento. Na hora de aplicar o uso do multicloud, conte com a Ingram Micro Brasil, maior distribuidora de tecnologia, e responsável pela entrega das soluções da Cisco no país. 

Entre em contato conosco e conheça a melhor opção para a sua empresa!

Este artigo foi útil?

Você já votou neste post

Ingram Micro Brasil

Ingram Micro Brasil

A Ingram Micro é o maior distribuidor mundial de tecnologia e líder de suprimentos de TI. Ajudamos empresas a cumprir a promessa da tecnologia.