Para algumas atividades corporativas, ter um bom computador ou notebook com uma placa de vídeo integrada pode ser insuficiente. Isso porque os recursos desse tipo de hardware são mais limitados.

Se o usuário executa tarefas mais pesadas, como edição de imagem, por exemplo, uma placa de vídeo é uma placa de expansão necessária para o seu PC, já que é responsável por renderizar, isto é, compilar as imagens para o monitor.

Atualmente, placas de vídeo (GPUs) de última geração são usadas para jogos, rastreamento de raios, produção de gráficos e até mesmo para mineração de criptomoedas.

Neste contexto, é fundamental entender para que serve placa de vídeo e porque ela é tão essencial para o bom desempenho dos profissionais.

Aqui apresentamos uma breve visão de tudo o que você precisa saber sobre placas de vídeo.

O que é a placa de vídeo?

Ela parece uma versão menor da placa-mãe do computador. Trata-se de uma placa de circuito impresso que tem um processador, RAM e outros componentes. 

Muitas vezes, a placa de vídeo é comumente chamada de unidade de processamento gráfico ou GPU. Porém, a GPU é apenas um componente (embora seja o principal) dela.

Na verdade, as GPUs vêm em duas formas principais:

Uma GPU integrada: embutida na placa-mãe, não pode ser atualizada ou substituída. Você encontrará isso em laptops e PCs de mesa baratos. Esses gráficos normalmente têm um desempenho modesto e não funcionam bem para tarefas como jogos ou produção gráfica profissional.  

Uma GPU discreta: é montada em uma placa gráfica que se encaixa no slot de expansão de um computador na placa-mãe. Esse tipo é substituível, portanto, pode ser atualizado à medida que novos modelos são desenvolvidos e ajuda a evitar que um PC se torne obsoleto. 

As placas gráficas modernas são dispositivos extremamente sofisticados que, de certa forma, se comportam como computadores autônomos. Elas executam um grande número de cálculos sendo perfeitas para jogos e processamento gráfico avançado.

As placas de vídeo mais básicas têm potencial de desenhar gráficos 2D comuns, como janelas e documentos. Todavia, os modelos mais modernos podem gerar gráficos 3D realistas de alta resolução em tempo real sem a necessidade de pré-renderização do conteúdo. 

Dessa forma, esses novos modelos são essenciais para a produção gráfica, como fotografia e produção de vídeo, porque são capazes de manipular e processar uma enorme quantidade de pixels em tempo real. 

Assim, cada vez mais, elas também conseguem executar uma técnica conhecida como traçado de raio (Ray tracing). 

Ray tracing é uma forma de gráficos 3D em que as cenas são renderizadas traçando o caminho de cada feixe de luz em uma cena e modelando com precisão seu efeito nos materiais e texturas da imagem. Os gráficos com traçado de raio são incrivelmente realistas.

Como funciona e para que serve placa de vídeo?

Compreender a importância e para que serve placa de vídeo pode mudar o modo como você usa seu tempo no computador.

A sofisticação e o poder de processamento das GPUs modernas colocam as placas gráficas como os componentes mais complexos e de alto desempenho em um computador, rivalizando ou superando a CPU (unidade de processamento central). 

Isso porque, as placas de vídeo de última geração fazem todas as tarefas tradicionais pelas quais sempre foram responsáveis, incluindo renderizar os gráficos comuns que você usa diariamente. 

Elas também renderizam gráficos 3D avançados em tempo real para jogos de computador.

Por este motivo, os profissionais gráficos também contam com os modelos de alta tecnologia. 

Hoje em dia, os aplicativos de produção de fotos, vídeos e gráficos dependem da placa gráfica, e não só da CPU do computador, para realizar processamento de imagem avançado.

Assim, incluindo fotografia computacional, que usa inteligência artificial e processamento de computador para obter resultados que anteriormente só poderiam ser feitos “na lente”.

Muitas vezes, as GPUs das placas de vídeo são usadas pelo seu poder de processamento bruto para realizar trabalhos não gráficos. 

Por exemplo, mineradores de criptomoedas contam com computadores com placas gráficas de última geração para realizar o sofisticado processo de mineração.

Assim, não restam dúvidas para que serve placa de vídeo: trabalhos pesados e que exigem um bom desempenho.

Por que as placas de vídeo são utilizadas para minerar criptomoedas?

Mais um motivo muito importante de para que serve placa de vídeo: a mineração de criptomoedas exige que o equipamento seja de qualidade.

Outro exemplo sobre as placas de vídeo, é que estas são populares entre os investidores em criptomoedas. Isso porque podem usá-las para processar transações e gerar bitcoins, em um processo conhecido como mineração.

Muitos mineradores constroem plataformas usando várias placas gráficas ao mesmo tempo para produzir uma máquina poderosa dedicada à mineração de criptomoedas, em vez de jogos. 

Para que isso seja viável financeiramente, o equipamento deve gerar mais em bitcoins do que o custo do hardware e da eletricidade que ele usa para funcionar.

Mas, afinal, o que é mineração de bitcoins?

Basicamente, o processo consiste na criação de novos bitcoins resolvendo um quebra-cabeça computacional, mas também é um componente crítico da manutenção e do desenvolvimento do livro-razão de transações do blockchain. 
Com a mineração, é possível ganhar criptomoedas sem ter que gastar dinheiro com isso. Por isso, os mineradores usam máquinas complexas para acelerar as operações de mineração.
Eles recorrem a placas de vídeo ou de um circuito integrado específico de aplicativo (ASIC) para configurar uma plataforma de mineração.

Para que serve placa de vídeo: 5 principais vantagens 

Se você se pergunta para que serve placa de vídeo, saiba que as vantagens são enormes para sua experiência.

É fato que as placas de vídeo são um investimento necessário para quem deseja ter um bom desempenho com jogos. 

Porém, elas também são usadas para várias finalidades diferentes, incluindo softwares gráficos de ponta, aplicativos e em laboratórios científicos.

As placas de vídeo exigem um investimento, que vale totalmente a pena devido aos vários benefícios que elas trazem para o usuário. Confira alguns deles! 

#1 Aumento de desempenho geral do sistema

Um dos principais benefícios de ter e saber para que serve a placa de vídeo é que ela leva a um aumento geral no desempenho do computador. 

Na prática, ela tira a carga da CPU porque a placa de vídeo dedicada faz todo o processamento gráfico ou tarefas relacionadas a gráficos. 

Além disso, a placa de vídeo possui um tipo específico próprio de memória RAM (VRAM), o que impacta na liberação da RAM normal e na fluidez dos dados gráficos. Sendo assim, o processamento dos dados fica muito mais rápido.

Em síntese, uma placa de vídeo dedicada executará tarefas relacionadas a gráficos muito melhor do que uma placa de vídeo integrada.

#2 Aumento de desempenho gráfico 

Uma placa de vídeo dedicada vem com mais recursos e oferece um desempenho muito melhor em aplicativos gráficos e softwares. 

Ela permite executar softwares baseados em gráficos de edição, de fotos e de vídeos com maior precisão e proporcionando um melhor desempenho

Assim, sistemas como Adobe Illustrator e Adobe Photoshop rodam muito melhor em uma máquina com placa de vídeo dedicada.

Além disso, dependendo da potência e robustez da placa, este tipo de componente permite que o usuário tenha a experiência de assistir filmes em Full HD (1080p), 4k e tudo mais que a tecnologia permitir em termos de imagem.  

#3 Experiência de jogo fluida

Com placas de vídeo integradas, dificilmente você poderá jogar os games mais recentes e, mesmo que consiga executá-los, nem sempre obterá uma boa taxa de quadro reproduzível (FPS), ainda que use as configurações mais baixas possíveis. 

Agora, com o uso de uma placa de vídeo decente no segmento intermediário ou mesmo econômico, o cenário já muda e você pode se aventurar com jogos mais recentes sem qualquer atraso. 

Portanto, se você deseja um PC para se divertir e explorar vários games, sem restrição, precisa investir em uma placa de vídeo dedicada.

#4 Execução de vários monitores

Para executar dois ou múltiplos monitores em um PC, o ideal é investir em uma placa gráfica dedicada. Dessa maneira, é possível conduzir as tarefas com produtividade e conforto sem falhas ou travas nos programas. 

#5 Melhor suporte ao driver

Placas de vídeo dedicadas têm melhor suporte e compatibilidade de driver quando comparadas às placas gráficas integradas. 

Essa vantagem é especialmente útil quando você muda para um sistema operacional diferente ou mais recente, ou deseja executar alguns aplicativos gráficos específicos, ou software em seu computador.

O futuro das placas de vídeo

Saber para que serve placa de vídeo e qual o seu futuro é fundamental para encarar o mundo tecnológico sabendo das suas possibilidades. 

Como tantas outras coisas, as placas de vídeo do século 21 têm melhorado a uma taxa exponencial. Atendendo, assim, às crescentes demandas de profissionais, gamers e entusiastas por potência e eficiência. 

Os modelos atuais oferecem potência mais do que suficiente para conduzir até os programas mais exigentes, enquanto as alternativas de workstations trazem melhorias dramáticas nos tempos de conclusão de renderização. 

Mas a verdade é que as placas de vídeo são muito mais do que gráficas.

Em essência, funcionam como outra unidade de processamento que retira parte da carga da unidade de processamento central. Por isso, são capazes de auxiliar em outros processos intensivos do computador, além da renderização de gráficos. 

Sendo assim, as placas de vídeo têm sido adquiridas por instituições e empresas que precisam de computadores de alto desempenho para processar números e cálculos necessários para pesquisas científicas, serviços financeiros e outras aplicações. 

Por exemplo, a prática de negociação de alta frequência em Wall Street depende do processamento de frações de segundo das negociações eletrônicas e da análise dos preços das ações.

Neste contexto, certamente, as placas gráficas evoluirão para atender às necessidades do mercado de ponta e se adaptar a outras tarefas além do processamento gráfico. Assim, surge mais um motivo sobre para que serve placa de vídeo e seus benefícios para o mercado.

Porém, os usuários que não pretendem investir em uma placa de vídeo podem explorar as novas tecnologias, como a plataforma Nvidia Geforce Now. 

Já para os gamers, a solução é uma ótima alternativa porque roda o jogo gerando as imagens mais pesadas via nuvem e entregando para dispositivos menos potentes. 

Contudo, a plataforma GeForce Now roda apenas jogos compatíveis que o usuário adquiriu em lojas de games digitais, como Steam, Epic Games Store, Ubisoft Connect, Origin e GOG.

Agora você já sabe exatamente para que serve placa de vídeo e, porque você deve investir em uma.

Quer saber mais sobre outras soluções tecnológicas? Continue acompanhando o blog da Ingram Micro!

Este artigo foi útil?

(2.8)

Você já votou neste post

Ricardo Rodrigues

Ricardo Rodrigues

Diretor de Commercial, Consumer, Mobility e ITAD da Ingram Micro Brasil. Experiência de 17 anos no setor de TI e 10 anos no setor de Consumo. Formado em Administração de Empresas e com MBAs Executivo e de Gestão Estratégica de Pessoas pela USP.