É muito comum o uso de diversos aparelhos eletrônicos tanto dentro de casa quanto no trabalho, já que eles facilitam (e muito) a nossa rotina. Por isso, é importante prevenir apagões e quedas de energia que possam danificar esses aparelhos e interromper processos importantes. Uma forma de fazer isso é usando um nobreak. Mas, afinal, o que é nobreak e para que ele serve?

Por exemplo, você decide trabalhar em casa, é um dia chuvoso e uma tempestade está por vir. A energia caiu e aquela tarde de trabalho produtivo foi embora porque nada foi salvo antes do apagão. Um baita prejuízo, não é? 

As quedas de energia podem ser recorrentes no Brasil, país recordista em descargas elétricas no mundo todo. De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em média, 77,8 milhões de raios atingem o Brasil, janeiro e fevereiro.

Somente no início do ano de 2022, entre janeiro e fevereiro caíram mais 17 milhões de raios, quase três milhões a mais que no ano passado. Sendo assim, é importante pensar em soluções e estar preparado para esses imprevistos. 

O nobreak pode te ajudar nesses casos e evitar que uma queda de energia leve-o a perder seu trabalho e até queimar seus aparelhos. Saiba mais como o nobreak funciona e porque usá-lo no seu dia a dia pode ser benéfico. Confira!

O que é nobreak?

O nobreak é uma fonte de energia que tem uma alimentação ininterrupta, ou seja, é um aparelho eletrônico que fornece energia sem parar em momentos de emergência.

Em uma análise rápida, é bem fácil confundir o nobreak com um estabilizador para PC. Isso porque os dois possuem formatos semelhantes e funções um pouco parecidas, como proteger os equipamentos ligados à rede elétrica. No entanto, as semelhanças param por aí.

O estabilizador é responsável por estabilizar a energia entregue às residências e prédios pela concessionária de energia elétrica. É um aparelho importante, pois controla o nível de tensão que chega aos eletrônicos e faz com que recebam sempre o mesmo nível de energia, inclusive em caso de uma sobrecarga na rede.

O nobreak possui função parecida, já que é um aparelho usado para regular a voltagem e o nível de energia que chega aos dispositivos eletrônicos conectados a ele. Porém, diferente do estabilizador, o nobreak também é responsável por fornecer energia de emergência para os aparelhos em caso de queda de luz e faz isso por meio de uma bateria.

O nobreak é recomendado para o uso em aparelhos que devem se manter ligados o tempo todo. Ele possui uma bateria que garante o fluxo de energia mesmo após quedas de eletricidade.

Além disso, é uma ótima opção para os aparelhos que precisam preservar dados essenciais, como servidores, computadores e equipamentos CFTV (equipamentos de monitoramento e segurança).

Os nobreaks são medidos por números que apresentam sua potência em VA (voltagem-ampere), unidade de medida que indica quanto tempo a bateria consegue permanecer ligada em caso de queda de energia.

O tempo de funcionamento de um aparelho nobreak pode variar de 15 minutos até 30 horas, dependendo do modelo de cada equipamento. No entanto, essa duração vai depender muito da quantidade de aparelhos conectados a ele e do quanto de energia consomem.

Uma queda de energia ou apagão pode acontecer devido aos diversos fatores como chuvas, falhas nos postes ou cabos de rede elétrica, entre outros.

5 vantagens de usar o nobreak na sua empresa

Agora que você já sabe o que é nobreak, veja porque investir em um . O equipamento garante uma série de vantagens. Confira:

1. Proteger seus aparelhos eletrônicos

O nobreak garante que o aparelho não sofra danos com as oscilações e quedas de energia. Com o uso de um nobreak, os aparelhos eletrônicos continuam recebendo a mesma quantidade de energia por um determinado tempo.

2. Backup dos dados e do trabalho

Uma queda brusca de energia pode impedir que o trabalho seja salvo e ainda corromper os dados e arquivos importantes. Com o nobreak, o usuário tem tempo de salvar todos os dados e não perder os arquivos. Isso é essencial em empresas, por exemplo, que salvam seus dados offline.

3. Autonomia e proteção

O uso de um equipamento nobreak garante autonomia e proteção para a empresa em caso de apagões, uma vez que informações não são perdidas e os trabalhos realizados se mantêm por meio da proteção. 

Eles podem durar de 15 minutos a 30 horas, de acordo com o modelo, o que permite que a empresa se organize para lidar com a queda de energia de maneira correta e planejada. 

4. Proteção para servidores e datacenters

Servidores e datacenters são comuns em grandes empresas, pois auxiliam em processos de conexão com o sistema, arquivamento de dados e informações da organização.

Caso esses equipamentos parem de funcionar por um pequeno período de tempo, o sistema para e a empresa também. Assim, ao utilizar um nobreak, essa situação não acontece.

O uso do nobreak evita problemas nos servidores e datacenters, o que mantém a empresa segura. Podemos concluir que o aparelho contribui para garantir a continuidade do fluxo de trabalho do negócio.

5. Mantém a conexão com a internet

Por mais que a internet não seja transmitida pela energia elétrica, ela pode ser afetada pela queda de energia. Afinal, o modem e o roteador dependem da energia elétrica para funcionar adequadamente distribuindo a internet para os aparelhos.

Com o nobreak, a empresa se mantém conectada por um determinado tempo e consegue salvar os trabalhos online e finalizar as transações. Dessa maneira, nenhum negócio é perdido.

[H2] Quais os tipos de nobreak?

Caso não ocorra o uso de um nobreak, é muito provável que algum computador queime ou aconteça algum problema nos demais aparelhos eletrônicos, acarretando em prejuízos.

Existem três tipos de nobreaks com as suas respectivas diferenças que estão de acordo com a forma que reagem à queda de energia. Conheça os modelos: 

O que é Nobreak Online?

O nobreak online também é conhecido como dupla-conversão. Nesse caso, o nobreak está o tempo todo alimentando os equipamentos. Isso porque a energia é enviada ao nobreak e é ele que direciona a energia ao equipamento. Em outras palavras, o nobreak sempre está ativado.

Há uma dupla conversão, primeiro para uma corrente direta que recarrega a bateria, conectando a uma peça chamada inversor. Depois, essa peça converte a energia para uma corrente limpa e com voltagem constante. 

Ele funciona com base no seguinte esquema:

corrente elétrica → nobreak → inversor →  aparelho

Esse equipamento possui um índice maior de proteção, fornece energia estável e limpa. É recomendado para o uso em servidores e data centers.

O que é Nobreak Stand by ou Offline?

São conhecidos também como semi-senoidais. Nesse caso, o equipamento nobreak pode demorar uma fração de segundos após um apagão para começar a enviar energia elétrica aos equipamentos. É um dos modelos mais básicos e por isso é mais barato. 

Esse equipamento utiliza a bateria para estabilizar as variações de energia. Entretanto, o uso dele não evita a diminuição da vida útil do equipamento, por isso é recomendado usá-lo somente em aparelhos pequenos.

São indicados para equipamentos eletrônicos simples com fonte chaveada, como: 

  • desktops;
  • modems;
  • sistemas de CFTV e monitoramento;
  • entre outros.

O que é Nobreak de linha interativa?

O nobreak de linha interativa é semelhante ao Stand by, a única diferença é que neste modelo há uma peça denominada AVR (Automatic Voltage Regulator), que serve para regular a voltagem automática

Isso garante a regulação da voltagem em caso de oscilações, seja para mais ou para menos. 

Esses equipamentos transmitem uma energia mais limpa que o modelo Stand by, e são recomendados para uso em diversos aparelhos, como: PCs gamers, Smart TVs, etc. Além disso, podem ser usados em residências e comércios.

4 dicas de como escolher o modelo certo de nobreak

Como vimos, há diferentes tipos de modelos de aparelhos nobreak. Por isso, na hora de escolher o ideal para você e sua empresa é comum se deparar com algumas dúvidas. 

Pensando nisso, separamos quatro dicas que irão te ajudar na hora da compra:

#1 Atente-se à voltagem

É a primeira coisa que você deve notar. Isso porque, por mais que alguns aparelhos sejam bivolts – que funcionam tanto em tomadas de 120V, quanto de 220V – podem existir modelos com voltagens específicas. Por isso a importância de sempre conferir essa informação antes de comprar o produto.

#2 Potência

Nos nobreaks, a potência é medida por VA (volt-ampere), sendo que quanto maior for o valor do VA, mais tempo a bateria dele irá durar e mais equipamentos podem ser conectados.

#3 Autonomia

O nobreak é encarregado de armazenar a energia para ser usada em caso de apagões, ou seja, esse trabalho proporciona autonomia em caso de emergência. Por isso, quanto mais autônomos, mais tempo de energia irão acumular.

#4 Convencional vs. inteligente

Os equipamentos nobreak podem ser divididos em duas categorias:

  • Convencional: é recomendado para uso em residências e para redes que não possuem muitos equipamentos.
  • Inteligente: é recomendado para uso empresarial, já que possui um chip que auxilia no gerenciamento das redes por meio de um software que controla esses serviços.

A escolha do equipamento certo evita problemas futuros e você saberá exatamente o que esperar do aparelho que comprou.

Como a Ingram Micro pode te ajudar?

A male electrician works in a switchboard with an electrical connecting cable, connects the equipment with tools.

Procurar um nobreak é tanto uma prevenção física dos aparelhos eletrônicos quanto de bens de trabalho e dados, arquivos, entre outros materiais que podem não ser salvos durante um apagão.

A Ingram Micro oferece as melhores soluções para você e sua empresa ao fornecer tecnologia de ponta tanto periférica – como mouse, teclado, monitores – como outras essenciais, sendo elas proteção de rede, armazenamento em nuvem, etc. 

Pensando em manter seus aparelhos e trabalhos seguros, nós oferecemos marcas e variedade de nobreaks tanto para uso residencial quanto comercial, levando sempre a prevenção de problemas em consideração para o seu negócio. 

Por meio da nossa parceria com a EATON, APC, NHS e SMS podemos oferecer diversos modelos de nobreaks para que você conheça e entenda qual faz mais sentido para as suas necessidades e da sua empresa.

Temos os modelos monofásico ou trifásico, contate um dos nossos especialistas e descubra a solução ideal para você!

Este artigo foi útil?

Você já votou neste post

Ricardo Rodrigues

Ricardo Rodrigues

Diretor de Commercial, Consumer, Mobility e ITAD da Ingram Micro Brasil. Experiência de 17 anos no setor de TI e 10 anos no setor de Consumo. Formado em Administração de Empresas e com MBAs Executivo e de Gestão Estratégica de Pessoas pela USP.